Roberto Piva

À Deriva no Rio da Existência

0 Love this post.0

abandonar tudo. conhecer praias. amores novos.
poesia em cascatas floridas com aranhas
azuladas nas samambaias.
todo trabalhador é escravo. toda autoridade
é cômica. fazer da anarquia um
método & modo de vida. estradas.
bocas pefumadas. cervejas tomadas
nos acampamentos. Sonhar Alto.

Relacionado

mestre Murilo Mendes tua poesia são

os sapatos de abóboras que eu calço nestes dias de verão. negócio de bruxas. o sol caía na marmita do adolescente da lavanderia. você veria isto com seu olhar silvestre. um murro bem dado no vitral que eu mais adoro.

Love this post.0

última locomotiva, gregos de Homero

sonhando dentro do chapéu de palha. últimas vozes antes dos lábios & dos cabelos, sonoterapia voraz. você adora as folhas que caem no lago escuro este é o banquete do poeta sempre querendo penetrar no caroço da verdade. nariz do garoto negro apontando para praça […]

Love this post.0

Ardor da Água

Papo com Júlio Bressane & Jairo Ferreira no Cachação Lésbicas discutindo semiótica saídas de um filme de Bressane saídas de um poema de Roberto Piva o arco-íris toma jeito estilo Farinata no Inferno Karma da pesada & fuorilegge caipirinha B52 noite de cobalto espectro radioativo […]

Love this post.0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *