Marcello Lagonegro

Onirico

0 Love this post.0

Marcello Lagonegro – Subcultura.net Marcello Lagonegro

Onírico

Quando aquela luz estelar
ofuscou nosso sono.
sonhava
Já não possuía olhos.
nem,tampouco.
a visão.
que me permitisse sonhar
aquela luz.

Estrela que ofusca
meus sonhos.
ó venhas alumiar,
com tua luz, minha torpe visão.

Ó visão
que me faz
ver as coisas
com olhos de quem
não sonha mais.

Quereis me alumiar,
ao ponto
de te ver
de olhos abertos,teus sonhos?

Ou quereis que sonhe
teus olhos abertos,
dormindo?

Marcello Lagonegro nasceu na cidade de São Paulo, Brasil, filho de uma família de classe média falida, de maneira que se empregou muito cedo. Formou-se Bacharel em História pela USP (Universidade de Sào Paulo) em 1998 e licenciou-se em 2000. Aos 30 anos Marcello Lagonegro, com seu livro Espasmos, lança-se na nada fácil carreira de escritor, no desolador cenário que as letras brasileiras reservam aos “ilustres escritores desconhecidos”

Email do autor: mudebrasil@starmedia.com.br

Relacionado

Tubarao

lago-st.html

Marcello Lagonegro – Subcultura.net Marcello Lagonegro Alucina-me ver, como cogumelos Brotam do nada. Cabeça Que pensa no nada. Esqueça Cabeça, martelos. Na vidraça. Mutila-me ver como Mata.

Love this post.0
Cenário para Howl: memórias dos anos Waugh

Espasmos

Neste dia de hoje da cólera se fez o futuro. O passado descansa na rede embalada pela discórdia. Águia brava que rapina a carne, a água e o vinho. Desce pela garganta ardendo pelo togo tragado. Espuma de sangue flui e ferve nas veias enrijecidas […]

Love this post.0

Quem será aquele homem?

Quem será aquele homem a quem a vida lhe fez adulto ainda criança? Quem será aquele homem a quem a vida o deformou sem sequer lhe conformar? Quem será aquele homem a quem a vida lhe consumiu em plena juventude? Quem será aquele home a […]

Love this post.0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *